terça-feira, novembro 07, 2006

Um mundo sem cor!!

Filho...
Para que também tu um dia saibas que o mundo não é sempre colorido e que muitas vezes o destino prega partidas injustas...aqui fica um poema dedicado a tantas crianças que vivem num mundo sem cor...


Poema de uma criança:

O meu nome é ""Sara""
Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.

Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?

Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.

Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.

Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.

Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria
Uma chicotada à noite.

Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.

Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.

Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.

Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.

Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.

Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.

Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis
palavras...

"Eu lamento muito!", eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.

O mal e as feridas mais e mais,
"Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!"
E finalmente ele pára, e vai para a porta,

Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.

O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.


SOS CRIANÇA 800 20 26 51

13 comentários:

Anônimo disse...

Passei por este blog por acaso,ou talvez não...este poema é dramático,mas mostra uma realidade que anda por vezes escondida.
quantas crianças não sofrem de maus tratos e só se vem a saber quando já não há nada a fazer,porque estão mortas.
tomei a liberdade de copiar o poema e enviar a todos os meus contactos...não sei se poderei fazer algo por estas crianças,mas talvez um grito de Alerta para que estes casos não fiquem entre 4 paredes, DENUNCIEM.

Cláudia disse...

Como professora do 1º ciclo tenho assistido a algumas coisas que enfim...
Dou mto carinho aos meus alunos. Muitas só o recebem de mim...

necedu disse...

As lágrimas vieram-me aos olhos, infelizmente ainda há muitos casos assim. Resta-nos dar o máximo de carinho aos nossos, já que infelizmente não podemos fazer nada por essas crianças.
Jocas

Rita :-) disse...

Infelizmente isto existe. Fiquei a chorar...

Bem, como sabes tenho mto pouco tempo apar vir aqui, por isso cada vez que venho leio os "retroactivos". Gostei de saber que o Di está bem!

Agora é a diade das curiosidades sem medos... é prexiso mais cautela que nunca!

Beijos,
Rita e Di :-)

Rita :-) disse...

...ainda por cima tou deslexica - LOL

Monica disse...

Fiquei triste e com vontade de chorar ao ler isto mas ainda mais fiquei quando parei para pensar que há tantas crianças nesta situação... e não consigo encontrar o porquê...
Este nº é importante para salvar vidas!
Beijocas

Loja do Mestre Andre disse...

Ai minha e horrivel mas infelizmente é real (será "ainda" ou "cada vez mais"?)

Bjinhos isto choca-me...

Bala disse...

E como e possivel alguem fazer mal a uma crianca?
O mal e' que esta e' uma situacao cada vez mais frequente...ou sera que apenas se falam mais nelas agora?!?!
Cuidemos dos nossos e tentemos distribuir carinho pelas criancas que precisam, e ja estaremos a contribuir para que nao se tornem adultos violentos amanha.
Bjs

viviana disse...

bem... eu tambem convivi cim problemas em criança que "tentei" ultrapassar mas tudo o que diz no poema é de uma pessoa se arrepiar!
e infelismente muita coisa é verdade!
DENUNCIEMMM sempre que suspeitam de algo!!!
quem sabe a vossa missao na terra nao é salvar estas almas?
jokas fofas e tudo de bom

Ana disse...

Podia ser só ficção mas infelizmente há n casos assim.

Jocas fofas

Mãe da Clarinha disse...

Era bom que todos os pais amassem os filhos como nós amamos os nossos. Mas infelizmente não é assim. Fiquei triste.

Bjos

Rita disse...

Impressionante.. estou sem palavras e espero que o nosso mundo evolua para melhor, para que casos destes deixem de ser realidade.

Rita e Mariana.

Licas disse...

Custou-me tanto ler isto...
1 bjx